Bom currículo e autoconhecimento são peças chaves para o sucesso em processos seletivos de emprego

A perspectiva de crescimento de empregos para o segundo semestre é bastante positiva. A indústria deve alavancar esse aumento de vagas, segundo dados do IBGE, o crescimento foi de três por cento nos últimos 12 meses, o melhor resultado desde 2011.

Se tem crescimento de emprego na prática significa que podem surgir vagas para todas as áreas. E fica a pergunta: você está preparado para se candidatar a essas vagas? Sabe como se sair bem numa entrevista?

A Professora e especialista em Recursos Humanos, Mylene Resende, explica que a primeira coisa que as pessoas que procuram ou querem trocar de emprego devem fazer é elaborar um bom currículo com informações completas e de qualidade, pois este será seu primeiro contato com o selecionador. “ É a chance de conquistar a oportunidade de para a entrevista. É fundamental conhecer profundamente o que escrito lá. É importante fornecer detalhes de resultados anteriores, projetos, qual seu papel nos resultados finais, enfim, suas realizações”

Se o seu currículo for selecionado subentende-se que você já está preparado para uma entrevista, que é uma das etapas mais importantes do processo seletivo de acordo com Mylene.

A dica da especialista é, se a entrevista for na empresa, buscar o maior número de informações possíveis.  Acesse o site, busque matérias publicadas, conheça os produtos e serviços, se sua atuação é regional, nacional, se tem unidades em outros estados ou países. Tudo isso vai demonstrar seu interesse pela oportunidade, atenção e proatividade.

Além dessas dicas a professora destaca também sobre uma pergunta que todo candidato deve ficar atento que é sobre os pontos fortes e fracos que você tem. “As empresas buscam profissionais que conheçam e reconheçam suas competências e a necessidade de desenvolvê-las. Dizer que é ansioso ou perfeccionista, por exemplo, é chavão e já virou piada.  Uma pessoa que tem boa percepção de si tende a lidar melhor com situações de estresse, por exemplo. Então a dica de ouro é autoconhecimento. Ter clareza de seus pontos fortes e fragilidades é fundamental, conclui.

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: